Análise e Desenvolvimento de Sistemas

logo transparente

TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

PERFIL DO PROFISSIONAL

O Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas analisa, projeta, documenta, especifica, testa, implanta e mantém sistemas computacionais de informação. Esse profissional trabalha, também, com ferramentas computacionais, equipamentos de informática e metodologia de projetos na produção de sistemas. Raciocínio lógico, emprego de linguagens de programação e de metodologias de construção de projetos, preocupação com a qualidade, usabilidade, robustez, integridade e segurança de programas computacionais são fundamentais a atuação desse profissional.

 

ÁREAS DE ATUAÇÃO

                O profissional de Análise e Desenvolvimento de Sistemas de informação pode atuar em empresas de assessoria e consultoria tecnológica e de desenvolvimento de sistemas, assim como nos diversos setores da economia: indústria, comércio, prestação de serviços, instituições financeiras, órgãos públicos ou como empreendedor em informática. Este profissional estará apto a:

  1. Projetar e implementar sistemas de acordo com as necessidades institucionais;
  2. Coordenar infra-estruturas de tecnologia de informação, elaborando políticas e diretrizes a partir da análise de necessidades;
  3. Realizar consultoria em Sistemas de Informação, avaliando e selecionando recursos de software e hardware;
  4. Atuar em Centros de Pesquisa, de Ensino ou de desenvolvimento de software;
  5. Empreender seu próprio negócio em informática.
  6. Conhecimento de ferramentas computacionais que auxiliem na solução de problemas em Sistemas de Informação;
  7. Capacidade para identificar necessidades, desenvolver e implementar soluções, utilizando a tecnologia da informação;
  8. Capacidade de raciocínio lógico, de observação, de interpretação e análise crítica de dados a informações;
  9. Capacidade para selecionar recursos de Software e Hardware específicos às necessidades das instituições;
  10. Capacidade de propor e coordenar mudanças organizacionais, definir políticas e diretrizes decorrentes de uso da tecnologia de informação;
  11. Capacidade de organizar e coordenar recursos humanos e técnicos envolvidos no desenvolvimento e manutenção dos Sistemas de Informação;
  12. Interesse para o aprendizado contínuo de novas tecnologias;
  13. Capacidade de desenvolver atividades de forma colaborativa em equipes multidisciplinares;
  14. Capacidade de comunicação interpessoal e expressão correta em documentos técnicos, inclusive em Língua estrangeira.
  15. Espírito empreendedor e visão crítica na busca de novas oportunidades de desenvolvimento profissional;
  16. Criatividade e intuição aguçadas aliadas a preparo técnico adequado;
  17. Visualizar novas oportunidades de desenvolvimento profissional.
  18. Formação ético-profissional que propicie sensibilidade para as questões humanísticas sociais e ambientais;
  19. Ser receptivo na aquisição e utilização de novas idéias e tecnologias.
  20. Propor e coordenar mudanças organizacionais, definir políticas e diretrizes decorrentes da tecnologia da informação.
  21. Analisar as áreas funcionais da empresa e suas necessidades em relação aos sistemas de informação.
  22. Planejar e desenvolver o  modelo de dados que atendam às necessidades atuais e futuras da empresa.
  23. Elaborar os planos de desenvolvimento de sistemas de informação focalizando todas as áreas de negócio da empresa.
  24. Organizar e apresentar de maneira clara aos usuários os processos envolvidos nos sistemas.
  25. Transformar o potencial dos sistemas de informação em suporte para toda a empresa.
  26. Avaliar os modelos de organização das empresas garantindo a sua sobrevivência em ambiente interconectado e competitivo.
  27. Conhecer técnicas de avaliação da qualidade dos processos empresariais.
  28. Avaliar os sistemas oferecidos pelo mercado e indica-los quando convenientes para a empresa.
  29. Identificar oportunidades para futuros empreendimentos.
  30. Avaliar os sistemas operacionais e gerenciadores de banco de dados oferecidos pelo mercado e indica-los quando convenientes para a empresa.
  31. Avaliar a infraestrutura e propor soluções técnicas adequadas às necessidades das instituições.
  32. Planejar a implementação do modelo de dados especificados pelo administrador de dados que atendam às necessidades atuais e futuras da empresa.
  33. Planejar e desenvolver redes que atendam às necessidades atuais e futuras da empresa.
  34. Identificar e avaliar os dispositivos e padrões de comunicação, reconhecendo suas implicações nos ambientes de rede.
  35. Integrar os sistemas de informação da empresa otimizando o uso das bases de dados e dos recursos em rede.
  36. Garantir segurança, integridade e performance do sistema operacional, das bases de dados e das redes utilizadas nas empresa.
  37. Conhecer as restrições impostas às redes pelos sistemas de telecomunicações.
  38. Elaborar planos de contingências para manter os sistemas em funcionamento.
  39. Facilitar a comunicação entre as diversas áreas de negócios da empresa e os profissionais de tecnologia da informação.

OBJETIVOS GERAIS

 

                Formar profissionais que projetem, implementem e coordenem infra-estruturas de tecnologia da informação, atendendo a necessidade de mudanças provocadas pelas inovações tecnológicas das empresas.

 

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

 

                Uma vez que os sistemas de informação estão difundidos em todas as áreas organizacionais, é ampla a atuação do profissional de Sistemas de Informação como agente e promotor de mudanças, fazendo com que as empresas utilizem adequadamente a tecnologia da informação na solução de seus problemas.

                É um trabalho que apresenta aspectos multidisciplinares, integrando diversas áreas de conhecimento, como ciência da computação, ciências gerenciais e ciências comportamentais.

                Para tanto objetivos específicos do curso são:

- Formar profissionais capazes de analisar problemas e desenvolver soluções para as organizações, através da modelagem e implementação de sistemas de informação;

- Formar profissionais com visão interdisciplinar, que busquem o aperfeiçoamento contínuo, integrando conhecimentos para o desenvolvimento de soluções computacionais adequadas as organizações.

- Promover sólida formação técnico-científica para o desenvolvimento e gerenciamento de projetos de sistemas de informação

- Estimular o egresso a interagir junto aos problemas sociotecnológicos da comunidade e das organizações

- Formar profissionais com visão global, humanística e calcada na ética.

- Incentivar a investigação científica, visando  o desenvolvimento da ciência e da tecnologia.

 

COMPETÊNCIAS GERAIS

 

                O profissional formado por este curso deverá ter as seguintes competências gerais:

 

COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS

 

                O profissional formado pelo Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas deverá estar sempre atento às oportunidades que o mercado oferece aproveitando o surgimento de novas tecnologias e os ensinamentos adquiridos para vislumbrar nichos de atuação correspondentes à sua capacidade. Esse profissional estará voltado às tecnologias que surgem quase que diariamente na área de sistemas de informação, procurando soluções adequadas e compatíveis entre as mesmas evitando, por meio de seus projetos, o desperdício de tempo e de recursos financeiros.

                Esse profissional será capaz de:

  1. Propor e coordenar mudanças organizacionais, definir políticas e diretrizes decorrentes da tecnologia da informação.
  2. Analisar as áreas funcionais da empresa e suas necessidades em relação aos sistemas de informação.
  3. Planejar e desenvolver o  modelo de dados que atendam às necessidades atuais e futuras da empresa.
  4. Elaborar os planos de desenvolvimento de sistemas de informação focalizando todas as áreas de negócio da empresa.
  5. Organizar e apresentar de maneira clara aos usuários os processos envolvidos nos sistemas.
  6. Transformar o potencial dos sistemas de informação em suporte para toda a empresa.
  7. Avaliar os modelos de organização das empresas garantindo a sua sobrevivência em ambiente interconectado e competitivo.
  8. Conhecer técnicas de avaliação da qualidade dos processos empresariais.
  9. Avaliar os sistemas oferecidos pelo mercado e indica-los quando convenientes para a empresa.
  10. Identificar oportunidades para futuros empreendimentos.
  11. Avaliar os sistemas operacionais e gerenciadores de banco de dados oferecidos pelo mercado e indica-los quando convenientes para a empresa.
  12. Avaliar a infraestrutura e propor soluções técnicas adequadas às necessidades das instituições.
  13. Planejar a implementação do modelo de dados especificados pelo administrador de dados que atendam às necessidades atuais e futuras da empresa.
  14. Planejar e desenvolver redes que atendam às necessidades atuais e futuras da empresa.
  15. Identificar e avaliar os dispositivos e padrões de comunicação, reconhecendo suas implicações nos ambientes de rede.
  16. Integrar os sistemas de informação da empresa otimizando o uso das bases de dados e dos recursos em rede.
  17. Garantir segurança, integridade e performance do sistema operacional, das bases de dados e das redes utilizadas nas empresa.
  18. Conhecer as restrições impostas às redes pelos sistemas de telecomunicações.
  19. Elaborar planos de contingências para manter os sistemas em funcionamento.
  20. Facilitar a comunicação entre as diversas áreas de negócios da empresa e os profissionais de tecnologia da informação.