Open Conference Systems, V JORNACITEC

Tamanho da fonte: 
AVALIAÇÃO DO POTENCIAL DOS FRUTOS DA PALMEIRA JUÇARA (Euterpe edulis Martius) PARA OBTENÇÃO DA POLPA CONGELADA
Jeanf Karlos Oliveira, Sílvia Panetta Nascimento

Última alteração: 2016-10-17

Resumo


A extração ilegal de palmito juçara (Euterpe edulis Martius) em áreas naturais do estado de São Paulo representa um sério conflito entre a população local e os sistemas de fiscalização oficiais. A implantação dos Parques Estaduais a partir da década de 1970, tirou de súbito esta atividade dos caiçaras, tornando-os marginalizados para a atividade sem contudo oferecer novos horizontes de subsistência ao mesmos.

O processo de extração do produto implica na destruição do coqueiro e isto feito de forma desordenada e sem critérios implica na destruição das palmeiras e futuras plântulas, além de, na ilegalidade, não ser possível qualquer execução de um plano de manejo para a espécie.

A procura e apreciação do palmito juçara incentivou sua extração, levando à clandestinidade tanto a exploração como sua industrialização, esta feita de modo precário sem o devido controle de qualidade, comprometendo a integridade do produto.

Várias alternativas foram tentadas na produção do palmito com povoamentos implantados e outras espécies de palmeira entre as quais a pupunha. Essas iniciativas louváveis na preservação da juçara visam a resolução do quadro descrito, entretanto não atende às necessidades desta população que ocupa as orlas dos parques e continuam sua atividade, pois estas regiões apresentam baixos índices de desenvolvimento e caracterizam-se como regiões pobres pois a presença de uma área natural dificulta a instalação de empresas que representem riscos ao ecossistema.

A obtenção de polpa e de sementes, através do manejo dos frutos consiste numa estratégia recomendada para a conservação das palmeiras nativas, na tentativa de resolver os problemas socioeconômicos e ambientais, bem como a geração de um novo produto e, consequentemente, de renda para as comunidades tradicionais que vivem no entorno destas áreas.

O processamento do fruto de juçara para obtenção da polpa é uma atividade recente. Alternativas tecnológicas já foram propostas para agregar valor ao açaí amazônico, viabilizando sua comercialização em diferentes segmentos do mercado e regiões do Brasil e mesmo do exterior. Especificamente para a palmeira juçara já existem quatro projetos de beneficiamento da polpa em curso no estado de São Paulo contribuindo para preservação da espécie nas áreas naturais. (EMBRAPA, 2015) Procurou-se neste estudo, portanto, avaliar o potencial dos frutos da palmeira juçara na obtenção da polpa congelada.


Texto completo: PDF