Open Conference Systems, V JORNACITEC

Tamanho da fonte: 
PRODUÇÃO E QUALIDADE DE MUDAS DE CANAFÍSTULA SOB DIFERENTES MANEJOS HÍDRICOS
Maria Vitória Barros Sifuentes, Luiz Gustavo Martinelli Delgado, Magali Ribeiro da Silva

Última alteração: 2016-09-28

Resumo


O presente estudo teve por objetivo analisar os efeitos do manejo hídrico (lâmina bruta e frequência de irrigação) no desenvolvimento e qualidade das mudas de Peltophorumdubium(Spreng.) Taub.e determinar o manejo hídrico mais adequado para a produção de mudas do ponto de vista de qualidade da muda e eficiência do recurso hídrico. O experimento foi conduzido no Viveiro do Departamento de CiênciaFlorestaL, da Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) da UNESP, Botucatu-SP. O substrato utilizado foi o comercial Carolina Soil Florestal®. O delineamento estatístico foi um fatorial (3x2) inteiramente casualizado, constituído dos seguintes fatores: 3 lâminas brutas (6, 10 e 14 mm) e 2 frequências de irrigação (2 e 4 vezes ao dia). Foram avaliadas as seguintes características nas mudas: altura da parte aérea, diâmetro de colo, relação altura da parte aérea e diâmetro de colo, massas de matéria seca da parte aérea, das raízes e total e a qualidade do sistema radicular. O manejo hídrico influenciou no desenvolvimento e qualidade das mudas, sendo que o manejo indicado para produção de mudas de Peltophorumdubiumé o que utiliza a lâmina bruta de 10 mm divididas em duas irrigações diárias.


Texto completo: PDF